.51 - Último

 

                                                       




Quando era pequena uma pessoa havia me dito que tudo que vem fácil não é bom, pois só damos valor naquilo que temos que lutar para ter, Justin era uma dessas coisas, a luta tinha sido intensa e eu tinha certeza que valia  a pena, cada gota de suor cada lágrima derramada e cada momento.

Ele era meu e ninguém poderia mudar isso,dei o meu mais belo sorriso pois ali começa uma parte da minha eternidade ao lado do cara que fez meu coração pular, Biebz não era perfeito e isso era o que me fazia amar ele cada dia mais, os defeitos as qualidades tudo nele, pois o amor verdadeiro consegue encarar os defeitos consegue amar mesmo quando tudo diz que não, hoje era meu grande dia.

- Você está perfeita querida. - Falou minha mãe me olhando com ternura, olhei para o espelho que refletia uma mulher feliz, sim era eu, meu vestido era simples mas mostrava o melhor do amor, a pureza, hoje era um dos melhores dias da minha vida e eu sabia que ninguém poderia estragar isso.

Suspirei feliz enquanto tentava não chorar.

- Obrigada mamãe.- Eu disse descendo cuidadosamente do banco a qual eu estava e abraçando a mulher que tanto me amava.

- Um verdadeira princesa - ela continuou - quando eu me casei eu ganhei algo de minha mãe e eu e seu pai resolvemos da esse algo para você como presente de casamento. - Ela soltou meu braço e foi em direção a uma pequena mesa do quarto em que estávamos, ela pegou uma caixa média preta.

- O que é isso.- Falei sorrindo para ela, um pouco surpresa.

- Uma tiara para uma verdadeira princesa. - Falou abrindo a caixa e mostrando umas das coisas mais linda que eu já tinha visto ela pegou a tiara com carinho eu abaixei e ela colocou na minha cabeça sobre meu penteado.

A mulher em frente ao espelho sorriu eu me reconhece ali no meio de tanta felicidade, virei para agradecer a minha mãe quando a porta do quarto abriu.

- Linda minha princesa. - Falou meu pai atravessando a pequena sala beijando o topo de minha cabeça com carinho

- Amo vocês. - Falei puxando meus pais para um abraço.

- Nós te amamos ainda mais pequena. - Falou os dois.

Sorri ao me olhar novamente eu não conseguia acreditar que ia me casar com o amor da minha vida.

- Vamos, a noiva não pode atrasar muito -  falou meu pai pegando o meu braço.

- Selena. - Minha mãe falou, eu e meu pai olhamos para trás vendo minha mãe sorrindo enquanto tirava uma foto.

- Vamos. - Falei enquanto segurava a mão dos meu pai.

- Não sei quem ta mais nervoso suas irmãs ou o Justin. - Falou Papai eu rir só Demi e Miley mesmo as duas me ajudaram tanto eu devia minha vida a elas.

O casamento aconteceria numa casa de campo que Justin tinha resolvido comprar para mim como um presente de casamento só ele mesmo, logo chegamos em frente a porta a qual daria para o quintal onde aconteceria o casamento.

- Vai dar tudo certo. - Disse meu pai me olhando orgulhoso. 

- Eu sei. - Falei abrindo meus olhos e dando meu primeiro passo até meu grande amor.

Nossa música começou a tocar A thousand years eu tentava, em vão, chorar e cada momento eu estava mais perto daquele que esperei por mil anos, eu não conseguia olhar para ninguém por que no final era apenas o rosto dele importava e com toda a coragem que ainda me restava eu andava em direção a minha eternidade.

As meninas tinham se superado a decoração estava linda, devido ao surto de Demi eu não tinha visto a decoração eu estava surpresa e maravilhada com tudo isso, por um momento olhei para elas murmurando um obrigado, Demi sorriu enquanto Miley dava pulinhos mas não foi por tempo pois Demi da um beliscão nela eu rir essas eram as minhas irmãs.

Justin estava lindo em seu terno e de repente  apenas a mão de meu pai me impedia de sair correndo em direção a ele. A música continuava a tocar só que eu não conseguia olhar mais nada além dele, logo chegamos até o meu futuro e quase marido, Justin pegou minha mão e meu pai pediu para que ele cuidasse de mim e ele disse que cuidaria pois eu era a vida dele.

Nossos votos foram simples o pastor falava e eu olhava paro o meu mundo o cara que segurava minha mão.

- Sim. - Eu falei no final da pergunta do pastor enquanto Justin colocava as alianças em meu dedo.
- Sim. - Ele falou sorrindo eu tremia ao colocar a aliança dele.

O pastor nos declarou marido e  mulher , Justin me olhou com amor sorrindo e me beijou naquele momento não tinha ninguém era apenas eu e ele.

Logo senti os abraços das minhas irmas e sorri feliz em meio as nossas lágrimas, depois de falar com todos os convidados sem que Justin me soltasse.

Nossa dança começou e mais uma vez o mundo poderia ter acabado e eu não ia descobrir.

A festa passou rapidamente aos meus olhos eu e Justin não tirávamos os olhos um do outro com medo que tudo isso fosse um sonho perfeito o qual não queria sair dali nunca.

- Eu te amo. - Falei quando conseguimos ficar mais o menos sozinhos.

- Eu te amo minha vida. - Falou ele beijando meu pescoço.

 - Jus. - Falei olhando para ele com uma cara marota. - Vamos fugir? - Falei mordendo de leve os lábios e com um olhar sapeca.

- Que bonito Senhora Bieber tentando fugir do próprio casamento. - Falou ele brincalhão.

- Eu quero você. - Falei beijando-o.

 - Não mais do que te quero. - Ele falou retribuindo o beijo.
Ele sorriu para mim e puxou meu braço me levando em direção ao estacionamento, para nossa sorte Joe e Demi tinha vindo de moto e a chave estava nele. Ele pulou na moto e eu também ele deu partida e der repente todos nos olhava assustado, era meu casamento mesmo pensei não tinha problema, meus pais estavam chocados quando perceberam que a gente fugia. Miley ria enquanto Demi com a cara fechada dizia que tudo aquilo tinha sido desnecessário.

- Pronta? - Perguntou meu marido.

- Sempre estive. - Falei sentindo seu cheiro.

Logo chegamos ao nosso novo apartamento nossa linda casa, na sala havia muitas pétalas de rosas que nos guiava em direção ao nosso quarto, me lembrei que deveria agradecer a Aila mais tarde, isso devia ser coisa dela.

- Eu te amo Selena Bieber. - Falou Justin.

- Eu te amo Justin Bieber. - Falei

Justin me beijava enquanto tirava meu vestido, eu rezei para que ele não rasgasse afinal e queria mostrar ele uma dia para nossa filha ou filho, meu vestido caiu no chão me deixando apenas de lingerie branca.

- Acho que estou em desvantagem. - Falei enquanto Justin me colocava na cama.

- Acho que podemos ajeitar isso. - Falou tirando o resto de roupa que ele ainda tinha em si.

Tremi aquele homem conseguia mexer com todas minhas estruturas o mundo parava quando eu estava com ele.

Ele me olhou mais uma vez para dizer como me amava me beijando de modo desesperado, parecia que ele apenas me desejava. 

Pov´s Justin

Apertei mais uma das mãos que seguravam sua cintura e, com a outra, espalmei a sua nuca e aproximei nossas bocas novamente; desta vez sem qualquer intenção de continuar com brincadeirinhas. Assim que a proximidade foi extrema, beijei-a com tal veracidade que poderia tê-la deixado sem ar. O que eu queria era aquilo mesmo. Era algo que sempre desejei, tê-la ao meu lado.

 Selena apertou as pernas contra minha cintura, enroscando-as seguramente, e então segurando-a pelas penas, passei a carregá-la e dar os passos retardados até a parede. Virei meu corpo em 180º e logo o corpo dela estava preso entre a parede e o meu corpo, que fazia pressão para mantê-la ali. Agora ela não tinha saída e mais nada me impediria de retomar onde parei. Posicionei-me devidamente e não tardei a iniciar a penetração sem dó.

A primeira investida foi com toda a força que pude reunir naquele momento. Seu gemido ecoou por toda o quarto e se eu não tivesse plena certeza de que estávamos sozinhos, com certeza passaríamos pela situação mais constrangedora de nossas vidas. Eu impedi que seu gemido proliferasse calando seus lábios com um beijo feroz. Tentei concentrar em um ritmo para ambos os movimentos, tantos os do meu quadril quanto os da minha boca. Não pude deixar de estocar com força nela, aliás, isso não era algo que eu pudesse evitar. Já havia se tornado uma necessidade que eu a tivesse com seus gemidos abafados soando melodias em meu ouvido; ou aquelas unhas que arranhavam suavemente as minhas costas e, até mesmo, meus braços; eu precisava do cheiro delicioso que seus cabelos suados emanavam; e o seu corpo lindo derretendo pelas minhas próprias mãos.
Sentindo-a chegar ao ápice, apoiei minhas duas mãos na parede para que assim pudesse ter mais impulso nas investidas finais e enfim também pudesse chegar lá. Acelerei loucamente os movimentos de vai-e-vem e Sel manifestou-se, parando de me beijar para morder meu lábio inferior rapidamente e deixando seu rosto cair na curva do meu pescoço com um sorriso de deboche.

- Eu quero mais. MAIS. - Ela ofegou

Seu pedido foi atendido quase que automaticamente. Eu podia sentir seu corpo estremecer sobre o meu durante as investidas cada vez mais animalescas, que aumentavam gradativamente de acordo com minha necessidade de chegar ao orgasmo. Não demorou muito para que acontecesse; seu corpo ainda se via contraído ao redor do meu quando eu senti o ápice do prazer invadir minhas células. Era uma coisa que eu já havia sentido várias vezes, mas eu sentia que dessa vez havia sido diferente.

- Ponha-me no chão, pelo amor de Deus. - Ela pediu suplicante e eu obedeci, estranhando sua reação. 
Percebi que seus músculos estavam estranhamente contraídos e que ela tinha os olhos fechados. Assim que seus pés tocaram o chão ela largou o meu pescoço e deixou suas mãos nervosas deslizarem pelos meus braços, apertando-os fracamente.

- Você está bem? - Perguntei visivelmente preocupado.

- Pensei que não ia acabar nunca! - Exclamou com sua voz falhando. Forçando muito minha visão, consegui enxergar sua silhueta encolhida próxima de mim. O que não ia acabar nunca? Peguei me queimando neurônios, até uns dois súbitos terrivelmente antagônicos me ocorrerem: 1- Ela queria que aquela transa acabasse logo pra ela ir embora e nunca mais olhar na minha cara. Alternativa pessimista e chata e eu não quero nem imaginar isso. 2- Ela estava com alguma dor. Bem, antes ela com uma dor passageira do que eu com uma dor eterna.

Repentinamente, Selena me abraçou. Seus braços enlaçaram minha cintura e seu corpo chocou-se com o meu. Abraços carinhosos eram bem a cara dela. Sentindo seus pêlos arrepiando-se periodicamente e seu coração batendo tão forte contra o peito que até eu poderia sentir a pulsação acelerada, mais uma alternativa pousou na minha mente. E esta alternativa permaneceu mais forte e mais provável, assim que ouvi um gemido baixo dela e seu corpo enfim relaxando.

- C-C-Como você fez isso? - perguntei incrédulo. Só podia ser aquilo, tinha de ser.

- Sei lá como fiz. Mas lhe garanto que foi bom. - riu baixinho e eu a acompanhei. Para mim isso só era possível na televisão, com aquelas mulheres orientais que estudavam minuciosamente o kama sutra e técnicas para manter o orgasmo durante vários minutos. Foi incrível presenciar aquilo pela primeira vez. Ela segurou seu orgasmo até eu atingir o meu; solidariedade, habilidade... No que se resumia aquilo? Talvez eu deva usar das mesmas palavras que ela: só sei que foi bom.

Era realmente agradável ficar ali, parado, apenas abraçando-a.

Depois de alguns minutos ali parados no canto do quarto escuro, eu a conduzi até a cama. A cobri e logo peguei no sono, tudo estava perfeito, eu ali com a pessoa que eu mais amava no mundo, o meu mundo estava comigo.

Pov´s Selena

Minha respiração já tinha passado de ofegante para mais calma, eu estava deitada, Bieber já dormia mas eu não. Me levantei em direção ao banheiro, joguei um pouco de água no rosto, eu não conseguia parar de sorrir, parecia que eu tinha sido coberta por uma onda de felicidade com prazer com a realização do meu sonho e paz. Me olhei no espelho e me veio uma interrogação " E Sammy?" De qualquer modo eu devo um " obrigada"  à ela. Sussurrei baixinho, de cabeça baixa, para o espelho: " Obrigada Sammy, se não tivesse sido você eu não estaria aqui com a pessoa que mais amo no mundo". Sorri com carinho ao me lembrar dela. Quando olhei meu reflexo no espelho tinha uma mensagem: " Eu que te agradeço, você foi realmente meu anjo na terra, agora eu posso descansar em paz com meu papai, Seja feliz Selenita você merece. XoXo Sammy" 

Lágrimas invadiram o canto dos meus olhos sem pedir permissão, respirei fundo e voltei para o quarto, parecia que realmente eu estava presa no mais perfeito sonho, o qual eu nunca mais queria sair, e esse sonho era nada mais como nada menos a minha vida real. 

Fui pra cama em silencio mas Biebz percebeu minha falta e me abraçou.

- Eu te amo princesa - ele sussurrou ainda de olhos fechados, apenas me tocando, me sentindo.

- Eu também te amo príncipe - sorri

- Princesa, aconteça o que acontecer sempre serei seu e você minha combinado? - agora ele tinha os olhos entreabertos

- Combinado meu amor, sou sua para sempre agora - sorri dando um selinho nele.




THE END

AHH ACABOU, TÔ CHORANDO AQUI... SÉRIO NOSSA EU ME APEGUEI TANTO A ESSA FIC!
AHH ANTES Q EU ESQUEÇA, ESSE CAP QUEM FEZ FOI EU E A BELA, MINHA BESTIE *-*
ENTÃO VOLTANDO AO MOMENTO BYE DA FANFIC... 
ESPERO QUE REALMENTE VCS TENHAM GOSTADO DE PASSAR TODO ESSE TEMPINHO COMIGO, PORQUE EU AMEI ESTAR COM TODAS VOCÊS ESTE TEMPO. SÉRIO EU AMO DEMAIS VOCÊS MINHAS ESTRELINHAS QUE A CADA DIA BRILHAM NA MINHA VIDINHA .--.

ATÉ A PRÓXIMA...


Se tiver pelo menos 10 comentários eu posto ainda hoje sobre a próxima fanfic, se quiserem claro...


13 comentários:

  1. Oi Aillinha minha linda >.<
    ME DESCULPE PELA DEMORA,ME DESCUUUULPE MESMO!É QUE EU REALMENTE PRECISAVA ESTUDAR :/

    Mas voltando para a fanfic eu simplesmente ammmmei >.<
    Está peeeerfeito como sempre!
    Voc~e escreve como uma anjinha >.<
    Você está de parabéns *------------*
    Poste logo a próxima fic *---*

    Aillinha me desculpe qualquer coisa a demora ok?
    Eu te aaaaamo *---------------*
    Beeeeeijos

    ResponderExcluir
  2. Ai meu Deus Ailaaaaaaaaaaaaaa <33
    que capítulo mais lindo :')
    chorei mermu u-u
    ficou realmente muito perfeito.
    amei o hot, pfvr, eu sou muito safadinha (66'
    ai cara, a parte da Sammy, que amor s2s2
    me emocionei de verdade diva.
    Sempre sonhei com o Justin e a Selena se casando, sua fic só me deu mais esperanças haha s2
    E que bom que você vai postar outra fic, estou ansiosa para ler
    com certeza vai ficar diva e perfeita como essa :))
    beeeeeeeijos diva s2

    ResponderExcluir
  3. To doida para saber da próxima, se eu me apaixonei por essa, a outra eu vou amar haha

    ResponderExcluir
  4. Ameeei *----*

    Penseei, que no final e Sel iria ficar gravida e bla bla bla.... Igual a todas nos finais.... Mais a suas alem de tar diferente esta P-E-R-F-E-I-T-A

    ResponderExcluir
  5. Aaah e por favor entre no meu Blogger, postei 2 capitulos tentei achar contato com vc mais não deu muito certo, entãao Bjoss ;**

    www.alisson-lovee.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. MEU DEUSSSSSSSSSS, ÚLTIMO CAPÍTULO MAIS PERFEITO EVER <3 AWN, EU NÃO SEI SE FICO TRISTE PORQUE ESSA ACABOU OU SE FICO FELIZ POIS IRÁ COMEÇAR OUTRA :c lçadkçlakdla posta logo <3

    ResponderExcluir
  7. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAWWWWWWWWWWWWWWWWWNNNNNNNNN
    QUE PERFEITO, GOD DO CÈU, COMO CONSEGUE?
    CASAMENTO PERFEITO, CASAL PERFEITO, AAAWNNN, AMEI INCONDICIONALMENTE, O MELHOR CAPÍTULO DE TODOS COM CERTEZA!

    "Aconteça o que acontecer, sempre serei seu e você minha combinado?" Quase chorei com essa fala, resume toda a fic lol!
    E o hot foi perfeito, tudo tá perfeito fala sério!

    Amei Aila minha!
    E lógico que quero outra fic, urgente por favor!
    Kissus >w<

    ResponderExcluir
  8. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA' AI MEU PAI, ÚLTIMO CAPÍTULO, SURTANDO AQUI!!! QUE PERFEIÇÂO È ESSA?????!!!!!!!
    Que lindoooooooooo, to sem palavras anjo, sério mesmo, OMG', ta mesmo muito perfeito, eu chorei aqui, como Jelena são lindos e você é uma DIVONA!!!! Que escreve perfeitamente *------* Nossa, quando acaba uma fanfic que a gente A-M-A parece que foi arrancado um pedaço do nosso coração AUAHAUHAUAHAUH' sou dramática mesmo, estou no meu momento sentimental u.u
    Murri nesse hot, foi lindo de mais, os dois juntos são lindos de mais e naquela parte que o Jus fala: "Aconteça o que acontecer, sempre serei seu e você minha combinado?" OWWWWWWWWWWWWWWWWWNT é muita fofura pra eu aguentar *--------------*

    Como assim se a gente quiser? CLARO QUE QUEREMOS, você precisa postar a nova fic HOJE entendeu? RUN' u.u
    Beijão minha linda, te amo >.<''

    ResponderExcluir
  9. Postaa,awn eu amei tanto essa fic ela tao linda.posta logo a sinopse da outra pq eu sei ke t vai ser perfeita ja ke vc vai escrever ele nér U_U.giovanna <3

    ResponderExcluir
  10. oooo..pessoas que dizem que nada é perfeito,é porque ainda não leram essa fiic !!'
    parabéns querida futura dona de um dos best' seller mundiais!!hahahaha..
    by:Nessa

    ResponderExcluir

olá pessoas que eu amoo
espero que tenham gostado!!
então agora e com vocês, me falem o que realmente acharam *-*